17 fevereiro 2009

Falke Bier Ouro Preto e Estrada Real IPA


A microcervejaria Falke Bier foi fundada no ano de 2004 na região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. É uma cervejaria familiar, que nasceu da iniciativa dos irmãos Marco Antonio, Juliana e Ronaldo Falcone. Segundo eles mesmos "o objetivo era produzir cerveja, de maneira que ela se tornasse uma paixão, não um produto."

Apesar do sonho da microcervejaria ter se concretizado somente em 2004, a paixão pela bebida é bem mais antiga e pode ser exemplificada pela iniciativa de Marco Falcone em produzir cerveja caseira no ano de 1988. Naquela época, a cerveja era produzida para consumo próprio e da família Falcone. Interessante é saber que Marco Falcone visitou no ano de 2004 a cidade de Fortaleza no Ceará, onde nasci e moro. Nesta oportunidade ele conheceu as instalações da microcervejaria local, a Lupus Bier, e contratou o seu mestre cervejeiro, Evandro Zanini.

A Falke já produzia os chopes Pilsen, Red Baron e Ouro Preto, além da cerveja Falke Tripel Monasterium, elogiadíssima e com um processo de produção interessantíssimo. Em outro post descreverei a produção e degustação da Tripel Monasterium. Agora, temos o lançamento comercial para todo o Brasil de duas novas cervejas. A Ouro Preto é a versão engarrafada do chope. O interessante sobre esta cerveja, uma Schwarzbier, é que os maltes utilizados nela são torrados na própria cervejaria. A outra cerveja é a Estrada Real IPA. A Estrada Real era uma rota de escoamento das riquezas exploradas nas Minas Gerais para o litoral na época do Brasil Colônia nos séculos XVII, XVIII e XIX. Hoje, essas rotas são exploradas pela indútria do turismo local de forma a proporcionar o contato com a história e a natureza do local. A Falke Bier quis criar uma cerveja que combinasse com o conceito da Estrada Real. Foi escolhido o estilo India Pale Ale (IPA), cervejas criadas pelos ingleses na época da colonização da Índia no século XVIII com maior conteúdo de lúpulo e maior teor de álcool para aumentar a durabilidade da bebida. Acredita-se que esta seria a cerveja ideal para o consumo dos desbravadores dessas rotas naquela época.

Graças ao amigo e blogueiro Rodrigo Lemos do Beer Architecture pude degustar essas cervejas da Falke Bier.


Falke Bier Ouro Preto - Schwarzbier, Lager, 4.5%ABV, garrafa 600ml.

Cor: Marrom escura, reflexos vermelho rubi.
Espuma: Boa formação e média duração, cor bege, boa consistência, deixa muitas marcas pelo copo.
Aroma: Malte, doce, torrado, café, chocolate.
Paladar: Malte, doce, torrado, café, chocolate, caramelo, médio amargor, corpo médio, leve acidez, final doce.

Boa cerveja. Agrada muito a presença marcante de maltes torrados, lembrando café e chocolate. O amargor está presente e parece ser potencializado pelo torrado. O pessoal de Minas Gerais está de parabéns por esta cerveja.


Falke Bier Estrada Real IPA - India Pale Ale, Ale, 7.5%ABV, garrafa 600ml.

Cor: Cobre, límpida.
Espuma: Boa formação e duração, cor bege clara e boa consistência, deixando marcas pelo copo.
Aroma: Malte, doce, caramelo, lúpulo.
Paladar: Malte, doce, caramelo, lúpulo, leve cítrico, amargor final com boa duração, corpo médio/alto.

Boa cerveja. Lembra bem algumas cervejas inglesas. Boa presença de maltes caramelados e o amargor do lúpulo. O aroma também apresenta bons toques de lúpulo. Acredito que para uma IPA, que deve ser bem lupulada, poderia ter até um pouco mais de aroma e sabor de lúpulo. Mesmo assim, a cerveja está bem gostosa.

4 comentários:

talespf disse...

fala rodrigo!!!
rapaz, só lembrei de ti dia desses.
tava no pão de açúcar e tinha lá aquela Red Ale da Baden Baden, aquela com "gostinho de azeitona"... pensei em levar uma, mas deixei para outra oportunidade. tava de R$ 12,00 . bom o preço???
abração rapaz!

Rodrigo Campos disse...

Grande Tales,

Este preço é o normal para a linha da Baden Baden, apesar de que por aqui elas saem u pouco mais caro que no sul/sudeste.

Não hesite em comprar uma dessas. Troque a quantidade pela qualidade.

Vamos marcar outras degustações! Estou querendo muito iniciar uma confraria de degustação de cervejas aqui em Fortaleza. Só estão faltando os confrades.

Abraço.

Thaís disse...

Que bom que vc gostou da Falke!!! É uma das minhas marcas favoritas! Um abraço pra vc e pra Glícia!!! Espero que venham conhecer BH!!!

Rodrigo Campos disse...

Olá Thaís,

Adorei mesmo estas Falke que vocês trouxeram. Mas nesta última sexta-feira provei a Monasterium pela primeira vez e esta me deixou encantado. Deliciosa! A Glícia também adorou.

Vou fazer de tudo para ir à BH. Tomara que dê tudo certo.

Grande abraço para você e para o Rodrigo também.

Related Posts with Thumbnails